Notícias
NOTÍCIAS DO SETOR

Associação Brasileira dos Terminais Portuários completa 30 anos

Data:
Fonte:

Para celebrar três décadas de uma trajetória de desafios, lutas e conquistas do setor portuário, a ABTP reuniu quase 200 pessoas entre associados, representantes de players do setor portuário, do governo e de entidades dos transportes em um evento realizado em Brasília, nesta terça-feira, 14 de maio.

A luta por uma nova e moderna legislação para os portos brasileiros foi o que levou à criação da entidade, no dia 5 de abril de 1989. Constituída originalmente por 38 empresas, a associação conta hoje com mais de 63 associados detentores de mais de 100 terminais portuários arrendados e privados. É por estes terminais que passam parte significativa da carga que entra e sai do país, via importação e exportação.

Selo comemorativo dos 30 anos ABTP: a história em fotografias

Na abertura do evento, o presidente da ABTP, Jesualdo Silva, apresentou um vídeo de lançamento do selo de 30 anos da entidade.

Presidente da ABTP, Jesualdo Silva

O material foi elaborado utilizando fotografias dos terminais portuários que foram captadas ao longo de três décadas. No vídeo, as fotos dão vida e formam a logomarca que celebra este ano tão emblemático para a associação.

Clique abaixo para ver o vídeo do selo:

Autoridades se pronunciam a favor do setor portuário

Personalidades destacadas dos transportes discursaram sobre o setor portuário durante a cerimônia. O presidente do Conselho Deliberativo da ABTP, Antônio Carlos Sepúlveda destacou a importância da criação da ABTP, que atuou fortemente para a aprovação da Lei de 12.815/1993, que foi fundamental para alcançar a melhoria da performance dos terminais portuários.

Presidente do Conselho Deliberativo da ABTP, Antônio Sepúlveda

Na sequência, fizeram pronunciamentos o presidente da Confederação Nacional do Transporte, Vander Costa, que destacou a importância de cada modal na matriz de transportes, e o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Mário Povia.

O secretário Executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio e o secretário da Secretaria Nacional de Portos e Transporte Aquaviário, Diogo Piloni falaram sobre o setor.

Para finalizar, o deputado Federal Júnior Bozzella e o senador Wellington Fagundes destacaram a importância do setor de transportes para o desenvolvimento econômico nacional. Em seus discursos, todos foram unânimes na mensagem: o setor portuário é um elo fundamental para o desenvolvimento da economia brasileira.

Além de um momento de reflexão sobre questões envolvendo regulamentação e competitividade do setor portuário, a comemoração foi um momento importante de confraternização e de troca de ideias sobre as melhorias e avanços necessários ao setor.

Homenagens causam emoção

Um dos momentos mais emocionantes da comemoração foi a homenagem feita a ex-presidentes que estiveram à frente da ABTP e de seu Conselho Deliberativo ao logo das três décadas da associação.

Em reconhecimento aos serviços prestados, os homenageados foram agraciados com a medalha de “Associado Honorário”.

O presidente do Conselho Deliberativo da ABTP, Antônio Sepúlveda, entregou, em mãos, em um momento cheio de emoção, a placa de “Associado Honorário” ao ex-presidente do Conselho Deliberativo da ABTP, Edmundo Mercer, que atuou de 1989 a 2011, e ao ex-presidente da ABTP de 1999 a 2017, Wilen Manteli. Ao mesmo tempo, o vice-presidente do Conselho Deliberativo da ABTP, Clythio Buggenhout, presenteou os homenageados com um pin da Associação.

Wilen Manteli e Osmar Rebelo recebem medalha de "Associado Honorário"

Também foram homenageados, ex-presidente da ABTP, Osmar Rebelo, que ficou à frente da ABTP de 1989 a 1999, o ex-presidente do Conselho Deliberativo da ABTP, Humberto Freitas, que atuou de 2011 a 2013 e o ex-presidente do Conselho Deliberativo da ABTP, Antônio Bacelar que presidiu de 2013 a 2015, que não puderam estar presentes.

A ABTP em números

A Associação Brasileira dos Terminais Portuários (ABTP) é uma entidade civil sem fins lucrativos que congrega 63 terminais portuários públicos e privados, distribuídos em mais de 11 estados.

A relevância do setor é evidente ao se analisar os números do setor. Hoje, no Brasil, mais de 95% dos produtos, que entram e saem do país, via importação e exportação, passam pelos portos.

Só em 2018, o setor portuário nacional - que compreende portos organizados e terminais privados -, movimentou 1,1 bilhão de toneladas de carga, segundo dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O crescimento foi de 2,7% em relação a 2017.

Os portos públicos movimentaram 374 milhões de toneladas em 2018, um aumento de 2,6% em comparação com 2017, quando foram movimentados 365 milhões de toneladas.

Os terminais privados movimentaram 743 milhões de toneladas no ano passado, um acréscimo de 2,8% em relação ao ano anterior, cuja movimentação foi de 723 milhões de toneladas.

Mas, mesmo com todo o crescimento registrado, o setor ainda tem muitos entraves e desafios a enfrentar neste ano em que completa 30 anos.


Retornar à lista de notícias